terça-feira, 15 de abril de 2008

Impunidade, até Quando?????

Hoje está completando 1 ano que o nosso querido Marcelo se foi... Além de ser meu cunhado, eu o tinha como se fosse meu irmão, ou talvez um filho mais velho, apesar de ter quase a minha idade, Marcelo era uma pessoa depente de álcool, portanto era como uma criança que precisava de cuidados, carinho e atenção. No dia 13 de Abril de 2007, Marcelo saiu de casa (casa da minha sogra), onde morava para ir ao bar, era uma sexta à noite, minha sogra tentou impedí-lo, mas foi em vão... Esse bar era aqui mesmo na rua onde moramos... E só apareceu no sábado, dia 14, às 05:30 da manhã, caído na porta da minha sogra e com a cabeça toda machucada. Foi levado para o hospital e ainda permanceu vivo por quase 24 horas, vindo à falecer no dia 15 de Abril de 2007, às 03:40 da manhã.... Foi uma covardia o que fizeram com ele, bateram muito nele, muito mesmo, ele estava todo inchado, sua cabeça toda quebrada... Não conseguimos entender, aqui todos o conheciam, e quando ele bebia, somente chorava, porque queria a esposa de volta, nunca foi agressivo, era calmo, doce mesmo, tinha um coração que não cabia em seu peito... Hoje faço aqui essa simples homenagem para ele, que deixou 2 filhas lindas (uma delas está na foto com ele) e uma saudade que nada preenche, minha sogra chora muito, nada que falemos à ela pode consolá-la, somente o soberano Deus pode passar seu bálsamo no coração dela e aliviar um pouco dessa dor...
Mas quero dizer também, que registro aqui minha indignação por tamanha impunidade, porque já se passou 1 ano e até hoje nada foi descoberto, a polícia não tem nada para nos dizer, nem sequer, penso eu, lembra do caso. A impunidade reina no nosso país, pagamos os nossos impostos, não somos respeitados como cidadãos... Até onde irá isso? Quantos Marcelos ainda vão morrer? Sempre falam que a justiça é somente para aqueles que tem dinheiro, ou quando o caso abala muito a sociedade.... Só nos resta a dor, a saudade, (meu esposo hoje foi ao trabalho chorando). Marcelo era o irmão mais velho do meu esposo, estava sempre em nossa casa, tentamos de tudo para tirá-lo do vício,levávamos à igreja, falamos à ele do amor de Deus, internações, tratamentos... E nada adiantou... Sabemos também que quando é chegada a nossa hora, nada pode impedir.....
Eu agradeço à todos que compartilharem comigo esse momento, e peço até mesmo desculpas pelo desabafo.... Mas estamos sufocados com tamanha impunidade.....
Jesus é o nosso Senhor!!!!

9 comentários:

Cida Alves disse...

aMIGA VC MAIS DO QUE NINGUÉM SABEM O QUANTO EU SINTO . pOIS TAMBÉM JA PASSAMOS´POR ISSO EM NOSSA FAMILIA , MAIS DEUS DARA FORRÇAS A TODOS VCS. UM BEIJO


aMIGA EM BREVE ESTAR CHEGANDO A TROQUINHA FIQUE DE OLHO. ESPERO QUE GOSTE.

Anônimo disse...

Deus está sempre presente com vocês. Daqui deste meu cantinho, rezo por vocês e pelo Marcelo. A vossa dor é grande mas Deus estará sempre junto. Abraços.
Paula Henriques
sonhoserealidades-sininho.blogspot.com

Cristal disse...

Oi Amiga! Infelismente, ainda há muita impunidade no nosso País... Não fique triste, não podemos contar com a justiça da terra, mesmo que não encontre os culpados, pode ter certeza que eles vão pagar caro, porque graças a DEUS temos a justiça divina, e desta ninguém escapa.Tenha um lindo dia, bjos...

Angelsapeca disse...

olá amiga sinto mto !!! Oq posso dizer é que Deus está de olho em tudo oq acontece e com certeza a justiça divina não falha!!
tbm já passei por isso na minha familia há 6 anos atrás assassinaram meu sobrinho de 18 anos e depois socorrerão até hj não sabemos o motivo e nem onde ocorreu o fato e ainda ele faleceu no dia 2 de fevereiro e minha filha nasceu no dia 3, simplesmente ela não conheceu o primo e padrinho, mas oq resta a gente é esperar pela justiça divina !!!
bjos e até logo!!!

Fabiana Minor disse...

Eu passei no seu blog p/dar uma espiadinha nos seus trabalhos e o seu comentario me chamou a atencao. Fiquei super comovida c/sua historia e sinto muito pelo acontecido. Eu tambem passei por um momento muito dificil na minha vida, acho que o pior de todos, perdi minha mae c/ aneurisma celebral, foi derrepente. E somente Deus pode nos confortar, e transformar a dor em saudade. Eu sinto o mesmo que todos da sua familia, a saudade e eterna.
Fique c/Deus e muita luz na vida de voces.
Um grande abraco,
Fabi Minor.

εïз Andrea Cris εïз disse...

Olá Amiga
Sinto muito pelo o que aconteceu fiquei muito comovida e triste pela crueldade...Mas tenha Fé Amiga fiquem com Deus estarei rezando por vcs e pelo Marcelo
BOA SEMANA
Bjs
Andrea

Gisele Moura disse...

Oi Amiga sinto muito por isto ter acontecido com o seu cunhado,que Deus venha fazer justiça né amiga..
E eu estou um pouco sumida por que tenho muita encomenda pra fazer ,mais estou aqui pra te responder amiga beijinhos e fique com Deus

Vilma Melo disse...

Olá Jane!
Passei para retribuir a visita e conhecer seu cantinho,(LINDO).
Amiga que tristeza o que aconteceu na sua família...espero que Deus e o tempo confortem vossos corações e que a justiça dos homens seja feita, por que a de DEUS com certeza não falha.
Bjokas e bom feriado!
:)Vilma

Anônimo disse...

Jane,sou de santa catarina e lendo sua mensagem revivi minha história, pois a 4 anos perdi meu pai da mesma forma.
ele era alcoólatra, saiu de casa e só encontraram ele no dia seguinte com a cabeça quebrada de tanto baterem nele. ficou 2 dias com o coração funcionando, mesmo já tendo sido diagnoticado morte cerebral.
e sabe o que é pior, ninguém sabe quem foi...
é isso aí!!! um abraço
Tati